Alimentação Saudável: Ainda é uma escolha?

Atualmente o nosso consumo desacerbado construiu um modelo de consumo alimentar sem reflexão. A correria do dia a dia, as multitarefas que “precisamos” realizar e aprender para ainda estar ativo no mercado, nos estudos e na sociedade, fez com que alguns valores essenciais da sobrevivência humana fosse considerado trivial. Somente pense na possibilidade de ao invés de inserir gasolina no seu automóvel, você colocasse desinfetante, muito provavelmente o seu carro irá sofrer uma desorganização no funcionamento mecânico e não irá se mover, mas foi vendido que aquele elemento era mais barato e mais rápido para ativar as funcionalidades do seu carro. Bom, o exemplo foi bem discrepante, mas é basicamente isso que fazemos com nosso próprio corpo, não refletimos no que consumimos, muitas vezes apenas compramos para “enganar o estômago”, e nada no modelo comercial de alimentos colabora para que tenhamos uma reflexão sobre o que ingerimos diariamente, o mercado alimentar apenas nos empurra qualquer coisa que tenha AÇÚCAR, GORDURA E SAL, pois são elementos que na natureza não se encontram em um único lugar, mas que juntas formam um vício e desejo, porque realmente precisamos deles, mas não na proporção que nos é oferecida atualmente.

Como o mercado de alimentos não proporciona produtos que realmente podemos chamar de comida, a proposta de coletivos alimentares vem se destacando, tornando se uma alternativa muito viável para quem alcançou a consciência alimentar e deseja ter acesso a alimentos de verdade.

GOSTARIA DE SABER DE VOCÊ, COMO PODEMOS CRIAR OU AUMENTAR NOSSA REFLEXÃO E CONSCIÊNCIA ALIMENTAR?

Se quiser saber mais sobre coletivos alimentares acesse o artigo do nosso blog sobre O QUE SÃO COLETIVOS ALIMENTARES E PORQUE VOCÊ VAI QUERER FAZER PARTE DESSA IDEA.

Grande abraço, até a próxima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *